Suzane von Richthofen sai da prisão para o Dia dos Pais

Suzane von Richthofen deixou a penitenciária feminina de Tremembé em São Paulo nesta quinta-feira (9) para passar o Dia dos Pais com sua família. Ela foi condenada pela morte dos pais em 2002.

Suzane foi condenada junto com os irmãos Cravinhos (Cristian e Daniel, seu namorado na época) pelo assassinato de Manfred e Marísia von Richthofen, seus pais. Ela pegou 39 anos de prisão e desde outubro de 2015 está cumprindo a pena em regime semiaberto.

Os detentos que estão no regime semiaberto têm direito a até cinco saídas temporárias por ano:

  • Natal/Ano Novo
  • Páscoa
  • Dia das Mães
  • Dia dos Pais
  • Dia de Finados

Cada saída pode durar até sete dias corridos. Para ter direito ao benefício, o preso precisa ter bom comportamento e ter cumprido um sexto da pena total, se for primário, ou um quarto, se for reincidente.

Como a lei não impede que criminosos condenados por parricídio (filhos que assassinam os próprios pais) recebam o benefício, é permitido que ela deixe a prisão para o Dia dos Pais e para o Dia das Mães.

Segundo a Veja, Suzane foi recebida pelo noivo que a aguardava na saída da penitenciária. Talvez, essa seja mais uma cena do filme ‘A menina que matou os pais‘ que vai falar sobre a vida de Suzane von Richthofen e que deve estrear em 2019.

    
Artigos relacionados!

Mauro

Fundador do site Planetim e do blog 'Planet In'. Sou colaborador do blog Seletos. Ensino dicas para você usar melhor o Windows 10 e celulares (Android e iOS). Também escrevo sobre assuntos que acho legal, divertido ou interessante. Trabalho na internet desde 2007.

Comentários