Angelina Jolie declara guerra total em seu divórcio com Brad Pitt

Angelina Jolie e Brad Pitt estão se divorciando, mas a atriz está tão descontrolada que sua advogada pediu demissão e não vai mais defendê-la na separação com o ator.

Angelina Jolie e Brad Pitt começaram a namorar em 2005, mas só nove anos depois, em 2014, se casaram oficialmente, de papel passado, como manda o figurino. O casamento durou pouco, apenas dois anos, e em 2016 os dois se separaram, começando aí a disputa pelos bens avaliados em mais de 500 milhões de dólares e pela guarda dos filhos.

Segundo o site TMZ, Angelina está tão hostil que a advogada Laura Wasser pediu demissão do caso. Laura é considerada a ‘rainha dos divórcios’, ela já defendeu celebridades como Johnny Depp, Christina Aguilera, Ashton Kutcher e outros famosos de Hollywood.

Fontes próximas a atriz revelaram que ela está agindo de maneira ‘cheia de raiva e de maneira irracional’ e que as reuniões com sua advogada eram marcadas por gritarias e discussões acaloradas.

A atriz está determinada a impedir que o ex-marido tenha qualquer contato com os seis filhos do casal. Segundo o TMZ, o divórcio e a disputa pela custódia dos filhos está longe de ter um fim, pois a atriz acabou de contratar um novo escritório de advocacia.

O casal Angelina Jolie e Brad Pitt com seus seis filhos

O TMZ afirma que, pelo menos por enquanto, o divórcio não está nem perto de se resolver e que a separação entre Angelina Jolie e Brad Pitt está mais para uma ‘guerra total’ do que para uma disputa por bens e pela guarda dos filhos.

    
Artigos relacionados!

Mauro

Fundador do site Planetim e do blog 'Planet In'. Sou colaborador do blog Seletos. Ensino dicas para você usar melhor o Windows 10 e celulares (Android e iOS). Também escrevo sobre assuntos que acho legal, divertido ou interessante. Trabalho na internet desde 2007.

Comentários