A estrela individual mais distante já observada no Universo

O telescópio espacial Hubble acaba de fazer história mais uma vez, agora, com a descoberta da estrela mais distante do Universo. É mais um recorde para sua enorme coleção de feitos notáveis.

A observação foi feita com a ajuda de lentes gravitacionais, que é quando a luz é curvada pela gravidade de uma ou várias galáxias, e funciona como uma lente de aumento, ampliando os objetos que se encontram nos confins do Cosmo.

O nome oficial da estrela longínqua é MACS J1149+2223 Lensed Star 1, mas a equipe que a descobriu apelidou-a de Icarus.

O que se sabe até agora é que Icarus é uma supergigante azul e está localizada a 9 bilhões de anos-luz da Terra. A luz que estamos vendo agora, foi gerada quando o Universo tinha apenas 30% da idade atual, quando ela brilhava com todo seu esplendor.

Como sabemos, as supergigantes azuis vivem pouco, apenas alguns milhões de anos. Isso significa que Icarus, a estrela mais distante até agora já registrada, já deve ter se transformado em uma supernova ou, até mesmo, em um buraco negro há muito tempo, provavelmente há bilhões de anos.

    
Artigos relacionados!

Mauro

Fundador do site Planetim e do blog 'Planet In'. Sou colaborador do blog Seletos. Ensino dicas para você usar melhor o Windows 10 e celulares (Android e iOS). Também escrevo sobre assuntos que acho legal, divertido ou interessante. Trabalho na internet desde 2007.

Comentários