Cientistas conseguem reverter Câncer de Próstata com metástase

Um tratamento ainda em fase experimental está enchendo de esperança pacientes com câncer de próstata. Os resultados obtidos são animadores, pois o novo tratamento conseguiu reverter o câncer até quando já tinha metástase.

Célula cancerígena

É bom lembrar que a pesquisa está em seus primeiros estágios e, mesmo que tudo dê certo, ainda vai demorar um bom tempo até que tenhamos o tratamento sendo aplicado nas clínicas.

A descoberta foi divulgada em um artigo publicado no “Journal of Nuclear Medicine”.

Dois pacientes que tinham expectativa de vida de dois a quatro meses foram submetidos à nova terapia. Eles já tinham tentado vários tipos de tratamentos: cirurgia, radioterapia, quimioterapia e de hormônios, todas sem sucesso.

A nova terapia, desenvolvida por pesquisadores alemães, transforma uma substância radioativa em uma espécie de nanobomba e a guia por exame de imagem até as células malignas, explodindo-as.

Os níveis de PSA (Antígeno Prostático Específico) dos pacientes, que eram de 3.000 ng/ml e 419 ng/ml, caíram para níveis indetectáveis e as metástases desapareceram após 3 ou 4 sessões da terapia experimental.

O único efeito colateral observado foi xerostomia (boca seca). Ela se dá porque o tratamento também ataca as glândulas salivares. Mas os pesquisadores afirmam que já descobriram a dose ideal que ataca o tumor, mas não é tão prejudicial às glândulas salivares.

O artigo cita apenas 2 pacientes, mas 80 já estão fazendo uso do método e estão sendo acompanhados há três anos. Outros casos de sucesso duradouro serão publicados em breve.

A notícia que já é boa, pode ser melhor ainda. Isso porque a técnica usada pode ser empregada em outros tipos de tumores. Vamos aguardar e torcer para que o novo tratamento chegue logo aos hospitais e clínicas de todo o mundo.

Artigos relacionados!

Mauro

Fundador do site Planetim e do blog 'Planet In'. Sou colaborador do blog Seletos. Ensino dicas para você usar melhor o Windows 10 e celulares (Android e iOS). Também escrevo sobre assuntos que acho legal, divertido ou interessante. Trabalho na internet desde 2007.

Comentários