Asteroide passa ‘raspando’ na Terra e ninguém vê

A rocha espacial só foi detectada três dias depois de passar de raspão pelo nosso planeta. O asteroide é três vezes maior que o meteoro que caiu em Chelyabinsk, na Rússia.

Asteroid passa próximo da Terra

Você deve se lembrar do meteoro que caiu na cidade de Chelyabinsk e feriu milhares de pessoas. Pois bem, ele tinha aproximadamente 17 metros de diâmetro. O asteroide 2017 001, que passou raspando no dia 23 de julho, tem 25 x 78 metros.

Seu tamanho equivale a um Boeing 737, com a diferença de que ele é maciço e viaja a mais de 37 mil quilômetros por hora. Para você ter uma ideia, o Boeing citado viaja a 850 km/h.

2017 001 tem uma superfície muito escura, por isso foi tão difícil detectá-lo. Ele passou a 123.000 quilômetros de distância de nosso planeta. Isso é menos de um terço da distância da lua e mais baixo que muitos satélites.

Telescópios espalhados ao redor do mundo varrem o céu todas as noites em busca de astros que possam colidir com nosso pequeno mundinho azul. A maioria dos objetos grandes já está catalogado, mas objetos ‘pequenos’ existem aos milhões e é quase impossível detectar todos.

Pequeno não quer dizer inofensivo, veja o estrago que o ‘pequeno’ meteoro de Chelyabinsk causou:

Felizmente, as chances de um meteoro atingir uma cidade são pequenas, mesmo assim, os astrônomos vasculham o céu constantemente para tentar descobrí-los antes que seja tarde demais.

Artigos relacionados!

Mauro

Fundador do site Planetim e do blog ‘Planet In’. Sou colaborador do blog Seletos. Ensino dicas para você usar melhor o Windows 10 e celulares (Android e iOS). Também escrevo sobre assuntos que acho legal, divertido ou interessante. Trabalho na internet desde 2007.

Comentários